bônus-atrelado-ao-esg

ESG passa a impactar salário de executivos: isso é bom?

O pagamento de bônus atrelado aos resultados ESG para executivos vem se tornando uma realidade. Entenda como essa pode ser uma boa estratégia para o negócio!

Que as boas práticas relacionadas à implementação de ações de ESG (critérios sociais, ambientais e de governança) estão cada vez mais presentes no dia a dia das corporações já não deve ser novidade para você, não é mesmo?

Agora: que as ações de ESG começaram a impactar o salário de muitos executivos pelo mundo afora – e também aqui no Brasil – isso talvez você não saiba!

Bem, se for novidade para você, ou se você não se aprofundou muito nesse assunto ainda, esse conteúdo vai te ajudar a entender melhor essa nova dinâmica de mercado.

Meta: o combustível que move os negócios!

Antes de bater na tecla “ESG” novamente, vale lembrar que o mundo dos negócios é um organismo vivo, e precisa ser encarado como tal. Então, se você esperava um ano mais tranquilo, com a retomada de uma certa normalidade pós pandemia – isso não deve acontecer.

Muito pelo contrário: desafios cada vez maiores estão por vir, alinhados a uma visão de crescimento que precisa estar no DNA das organizações que tem foco no desenvolvimento contínuo.

Assim, antes de pensar em ESG e outras ferramentas, é preciso ter muito claro: Qual é a meta de crescimento do negócio em que você atua para o ano de 2022? Quais parâmetros foram baliza para essa régua de crescimento prevista? Quais são os agentes principais, que serão responsáveis pelo atingimento destes indicadores?

E por que afinal tantas perguntas? Para entender em quais aspectos os parâmetros de ESG podem ser elencados como parte da entrega das metas da sua empresa, e mais: como os agentes ligados diretamente aos resultados obtidos poderão ser recompensados pelo esforço na implementação e manutenção destes critérios de ESG.

ESG: recapitulando geral – de onde viemos e para onde vamos?

Já trouxemos aqui no blog outros conteúdos que mostram o quanto os critérios ESG saíram de coadjuvantes para se tornarem o centro das atenções num percentual cada vez maior de organizações.

E esse assunto tem ganhado maior relevância e influenciado em mudanças estruturais em organizações, nos mais diversos segmentos de mercado. Isso porque estamos diante de um investidor também cada vez mais exigente: hoje eles são cobrados pela transparência nos negócios nos quais investem – e que essa transparência se converta em benefícios financeiros ao longo do tempo.

E esse ciclo gerado pelas ações de ESG passa a ser muito positivo quando todos ganham! Mas até chegar o momento de ver os resultados, há um caminho longo a ser percorrido, e que precisa de engajamento para acontecer. E os executivos que estão na ponta dessas empresas têm uma responsabilidade enorme nas mãos: puxar a corda para o lado certo e fazer tudo acontecer!

Mas como o ESG está sendo transformado em bônus?

É comum que empresas, de segmentos distintos, paguem bônus a seus executivos e também colaboradores em outros níveis, como uma forma de recompensa pelos bons resultados obtidos.

No caso das ações de ESG, as organizações podem “unir o útil ao agradável”: estabelecendo metas relacionadas à efetividade e resultados esperados com as boas práticas propostas pela metodologia, o negócio só pode sair ganhando – com uma equipe mais motivada na implementação destas ações, com o alto escalão da empresa na busca do atingimento das metas e investidores satisfeitos.

O foco de todos passa a ser um só: a performance sustentável da empresa torna-se uma nova meta a ser cumprida.

Por exemplo: Extra e o Pão de Açúcar começaram a atrelar a remuneração variável de seus diretores e cúpula junto com os indicadores socioambientais. Assim, em 2021, a redução de emissões de gases de carbono foi incluída no sistema de bônus dos executivos. 

O grupo possui o compromisso de cortar suas emissões de gás carbônico em até 30% até 2025. Caso não haja avanços a cada ano na redução do carbono produzido pela empresa, os executivos, logicamente, não receberão o bônus.

O bônus atrelado ao ESG é uma tendência mundial de grandes empresas, com destaque para os Estados Unidos, onde esse tipo de bonificação cresceu mais de 20% segundo o Russell 3000 Index.

Empresas que já implementaram o bônus atrelado a ESG

A pesquisa realizada pelo Instituto FSB apontou que 16% das empresas condicionam a remuneração variável ao bom desempenho dos temas ESG. Um passo importante que grandes e médias companhias estão dando principalmente nas questões de mudanças climáticas e de aumento da diversidade.

O MCDonald ‘s foi a primeira empresa do setor da América Latina a adotar o bônus de executivos atrelado para atingir a meta de redução dos gases do efeito estufa. Desta forma, a meta da companhia é reduzir as emissões de gases do efeito estufa (GEE) de maneira progressiva até o ano de 2030. 

Também é o caso da siderúrgica Gerdau, que considera que após atingir as metas  ESG seus acionistas, nos quais possuem 60% da empresa, serão bonificados.

Como o bônus atrelado a ESG é calculado?

No casa da Vivo, a bonificação é recebida por meio das ações pelos executivos, que podem ser usufruídas após três anos: 40% desse benefício fica condicionado à permanência na empresa, 40% referentes à performance financeira e, desde abril de 2021, os 20% restantes são calculados a partir do desempenho em dois indicadores, social – como a presença feminina em cargos de liderança, e o socioambiental como a redução da emissão de carbono. 

Soluções da Apsis para implementação do ESG nas empresas 

A Apsis é uma empresa de consultoria independente que oferece aos clientes soluções personalizadas para a adequação aos critérios ESG. Trabalhamos na elaboração de uma trilha ESG mapeando todas as áreas da companhia para identificar a situação atual e as oportunidades de melhorias. 

Os dados obtidos no mapeamento culminam em um índice ESG que posiciona sua empresa dentro do seu segmento de atuação, priorizando os critérios mais importantes dentro do seu negócio. 

Com base nisso, elaboramos um planejamento e desenvolvemos projetos que atendam às necessidades específicas da sua empresa. Precisa de uma consultoria personalizada para que sua empresa se adeque aos critérios ESG? Entre em contato conosco!

Luiz Paulo Silveira
+ posts

Share this post

Comment (1)

  • https://israel-lady.co.il/ Reply

    Good post. I learn something totally new and challenging on blogs I stumbleupon every day. It will always be interesting to read through articles from other writers and use a little something from other sites.

    17/05/2022 at 02:15

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.