As mudanças na Norma ABNT 14653-1

Os primeiros trabalhos técnicos conceituais voltados para as avaliações de bens no Brasil remontam à década de 1910, em publicações de escolas de Engenharia. A partir dos anos 1950, como parte do desenvolvimento que se notabilizou por constituir entidades profissionais dedicadas à difusão da técnica avaliatória, foram elaboradas as primeiras normas de avaliação. A ABNT NBR 14653, sob o título geral de “Avaliação de Bens”, sintetizou o tema de Engenharia de Avaliações. Sua parte principal contém os conceitos, métodos e definições comuns a todos os bens. Nas demais partes, constam os conceitos específicos para cada tipologia de bens a avaliar. A parte 1, que versa sobre os procedimentos gerais, está em vigor desde 2004 e, atualmente, encontra-se em processo de revisão. Entre as maiores mudanças na norma, podemos destacar: - Adequação às normas internacionais (International Valuation Standards Council – IVSC) – As normas do IVSC têm caráter mais orientativo e abordam conceitos gerais, enquanto as normas brasileiras são de cárater mais técnico e operacional. Com a revisão, a parte 1 da ABNT NBR 14653 passa a ser mais generalista, enquanto as demais seções tratam da questão técnica. - Explicitação de conceitos gerais – Foram incluídos os conceitos de abordagem de valor, definição de mercado, valor de mercado e particularidades do mercado imobiliário. - Definição de valores distintos dos valores de mercado: valor especial, valor patrimonial, valor de liquidação forçada, valor em risco e valor sinérgico. * Valor especial – Reflete características ou premissas relevantes apenas para um comprador especial, desconsideradas na identificação do valor de mercado, por exemplo: taxas de desconto, isenções fiscais, projeções de receitas e despesas. * Valor patrimonial – Refere-se a casos em que a soma dos valores dos componentes do patrimônio usualmente não representa o valor de mercado dos bens. * Valor de liquidação forçada – Difere do valor de mercado em razão de condições especiais destinadas à comercialização do bem em prazo inferior ao usual. * Valor em risco – Identifica o montante, para fins de cobertura securitária do bem, de acordo com critérios estabelecidos na apólice, quando diferente do valor de mercado. * Valor sinérgico – Corresponde a situações que as sinergias estão disponíveis a um comprador determinado, por exemplo: combinação de fluxos de caixa de empresas no mesmo segmento ou união de terrenos com ganho de aproveitamento. - Acréscimo de capítulos com procedimentos específicos para desapropriações, fundos de comércio e lucros cessantes. Outro ponto de destaque é a inclusão do arquiteto de avaliações no capítulo de definições da norma. Até 2010, os arquitetos e engenheiros faziam parte do CREA. Todavia, desde 2011, com a criação do CAU, entendeu-se a necessidade de caracterizar as duas categorias de profissionais dentro da ABNT NBR 14653. A Apsis pode auxiliá-lo em todas as questões relacionadas com avaliação de ativos. Nosso corpo técnico é formado por especialistas das áreas de Engenharia e Arquitetura com ampla experiência. Nossos laudos são elaborados de acordo com as melhores práticas do mercado e obedecem às normas nacionais e internacionais (ABNT, IVSC, IFRS). Por Flavia Santos | APSIS Consultoria
+ posts

Compartilhar este post

Comentários (6)

  • Franco Responder

    Parabéns! Importante matéria de apoio ao campo!

    07/10/2016 às 17:42
    • admin Responder

      Olá Franco,

      A Apsis agradece por seu interesse e nosso corpo técnico fica à disposição caso queira maiores informações.

      Obrigada pelo contato

      07/10/2016 às 18:59
  • Franco Responder

    Parabéns! Importante matéria de apoio ao campo!

    07/10/2016 às 17:42
    • admin Responder

      Olá Franco,

      A Apsis agradece por seu interesse e nosso corpo técnico fica à disposição caso queira maiores informações.

      Obrigada pelo contato

      07/10/2016 às 18:59
  • Antonio Carlos Gonçalves Dias Responder

    Parabéns pela divulgação….

    04/05/2018 às 19:06
  • Antonio Carlos Gonçalves Dias Responder

    Parabéns pela divulgação….

    04/05/2018 às 19:06

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *