8 filmes para entender a crise econômica mundial

Documentários e ficções contam histórias sobre a crise do subprime e alguns de seus desdobramentos, como a atual crise fiscal na Europa.
A crise e o cinema

A Crise e o Cinema

Não foram apenas os economistas e profissionais de finanças os únicos a se debruçarem sobre os acontecimentos ligados à crise mundial que começou em 2008, nos Estados Unidos. A indústria cinematográfica também se propôs a analisar não apenas as consequências do estouro da bolha imobiliária, mas também suas possíveis causas.

Diversos documentários e filmes hollywoodianos foram lançados trazendo diferentes pontos de vista sobre temas críticos quando se fala no assunto, desde a regulação financeira nos mercados até a ganância dos megainvestidores.

Wall Street: Money Never Sleeps (2010)
 

Nesta continuação do filme dirigido por Oliver Stone nos anos 1980, o personagem Gordon Gekko, interpretado por Michael Douglas, sai da prisão após cumprir pena por negociar ações com informações privilegiadas. Sua liberdade coincide com a fase inicial da crise do subprime, que começou nos Estados Unidos e contagiou o resto do mundo. O filme retoma parte das discussões da história anterior, sobre os limites e riscos do capitalismo selvagem defendido intensamente por Gekko.

Wall Street: Money Never Sleeps (Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme)
Diretor: Oliver Stone
Ano: 2010
Duração: 133 minutos
Gênero: Drama

The Company Men (2010)

The Company Men, traduzido em português como “A Grande Virada”, é um filme de 2010, dirigido por John Wells e estrelado por Ben Affleck, Kevin Costner e Tommy Lee Jones. A narrativa se concentra na vida de três executivos de uma empresa afetada pelos efeitos da crise. Eles tentam se adaptar a uma série de mudanças corporativas e ao constante temor de demissões inesperadas.

The Company Men (A Grande Virada)
Diretor: John Wells
Ano: 2010
Duração: 104 minutos
Gênero: Drama

Inside Job (2010)

Inside Job é um documentário em cinco partes, dirigido pelo cineasta Charles Ferguson, premiado com o Oscar em 2011. Trata-se de uma investigação e relatos sobre a crise financeira que começou no fim da década passada. A primeira parte, “Como chegamos até aqui”, conta como a indústria financeira nos EUA foi regulada entre 1940 e 1980. Em seguida, “A Bolha” explica o que aconteceu entre 2001 e 2007, durante o boom imobiliário no país. Na terceira parte, “A Crise”, o filme relembra o que aconteceu propriamente entre o fim de 2007 e 2008, quando os problemas financeiros vieram à tona. As duas últimas partes falam sobre os desdobramentos da quebra de importantes bancos e a situação mais recente da economia no país.

Inside Job (Trabalho Interno)
Diretor: Charles Ferguson
Ano: 2010
Duração: 120 minutos
Gênero: Documentário

Margin Call (2011)

Margin Call retrata 24 horas na vida de personagens-chave em um banco de investimentos nos Estados Unidos. A ação se passa nos estágios iniciais da crise mundial que começou em 2008. O analista Peter Sullivan (interpretado por Zachary Quinto) acessa informações financeiras que comprovam a queda da empresa e se vê diante de complexas decisões éticas e profissionais.

Margin Call (Margin Call: O Dia Antes do Fim)
Diretor: J.C. Chandor
Ano: 2011
Duração: 107 minutos
Gênero: Suspense

Too Big to Fail (2011)

Feito para a televisão, Too Big To Fail, encara a difícil tarefa de apresentar ao espectador uma crônica sobre o início e as causas da crise de 2008. O filme apresenta os fatos concentrando-se na figura do secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Henry Paulson (William Hurt). Outros personagens conhecidos, como o presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke (Paul Giamatti) e Warren Buffet (Edward Asner) aparecem na trama.

Too Big to Fail (Grande Demais para Quebrar)
Diretor: Curtis Hanson
Ano: 2011
Duração: 99 minutos
Gênero: Drama

Europe at the Brink (2011)

Neste documentário produzido pelo jornal norte-americano The Wall Street Journal, editores e repórteres examinam as origens da crise da dívida pública na Europa. O filme analisa a razão pela qual a crise se espalha de forma feroz pelo continente e ameaça contaminar o mundo inteiro.

Europe at the brink
The Wall Street Journal
Ano: 2011
Duração: 23 minutos
Gênero: Documentário

Collapse (2009)

Collapse é um documentário lançado em 2009 e dirigido por Chris Smith. O filme explora as teorias polêmicas do ex-policial e escritor Michael Ruppert, autor de livros expondo teorias conspiratórias sobre diversos assuntos, incluindo os ataques de 11 de setembro. No documentário, Smith entrevista Ruppert sobre diversos assuntos, inclusive o que o ex-policial entende ser a derrocada política e econômica dos Estados Unidos.

Collapse
Diretor: Chris Smith
Ano: 2009
Duração: 82 minutos
Gênero: Documentário

The Flaw (2011)

O documentário The Flaw, dirigido por David Sington, tenta fazer uma ampla investigação da história do capitalismo norte-americano ao longo do século XX. O objetivo não é exatamente analisar as consequências da crise do subprime, mas, tentar identificar suas causas, suas raízes. Com um humor sarcástico, The Flaw apresenta uma série de personagens importantes neste período difícil da história americana, como grandes economistas, inclusive vencedores do prêmio Nobel, e donos de imóveis em sérios apuros depois que a bolha imobiliária estourou.

The Flaw
Diretor: David Sington
Ano: 2011
Duração: 78 minutos
Gênero: Documentário

(Eduardo Tavares | Exame)
 

+ posts

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *