Acionistas da Tractebel aprovam incorporação da Suez Energia Renovável

SÃO PAULO – Os acionistas da geradora de energia elétrica Tractebel aprovaram hoje a incorporação da Suez Energia Renovável (SER), dona da hidrelétrica de Estreito.

A operação causou uma controvérsia com os minoritários, em razão da grande diferença entre o valor investido pela GDF Suez no negócio, R$ 360 milhões, e o montante pago pela Tractebel pela empresa, R$ 604 milhões.
 
Em fato relevante, a companhia informou que a transação foi aprovada por unanimidade dos votos em Assembleia Geral Extraordinária (AGE). A GDF Suez, controladora da companhia, se absteve de votar na reunião.
 
O negócio envolve a aquisição das ações da Suez na SER, que representam 99,99% do capital social. Recentemente, a Tractebel criou um comitê independente para negociar os termos financeiros da transferência de ativos da Suez, mas a operação envolvendo a SER não passou por esse crivo, dado que já havia sido aprovada pelo conselho de administração em dezembro.
 
(Eduardo Laguna | Valor)

 

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *