Alliar e Delfin vão unir operações

Os grupos de medicina diagnóstica Alliar e Delfin Imagem estão negociando uma fusão, que deverá ser desenhada por meio de troca de ações. Ambos possuem fundos de participações como acionistas relevantes. A Alliar foi criticada pelo Pátria Investimentos há cerca de cinco anos e nesse período cresceu por meio de mais de 20 aquisições. O Delfin recebeu um aporte do Kinea, gestora do Itaú Unibanco, em novembro  de 2012.

Procurados pelo Valor, Delfin e Alliar confirmaram que protocolaram no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) “um acordo de associação para unificar as operações das duas companhias”. Conforme nota, a consumação da operação está sujeita às considções precedentes usuais neste tipo de negócio, incluindo a aprovação do Cade.

Leia a matéria na íntegra em www.valor.com.br

(Ana Paula Ragazzi | Valor)

Website | + posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *