ArcelorMittal e Peabody assumem controle da australiana Macarthur

O grupo ArcelorMittal, líder mundial na fabricação de aço, e a mineradora americana de carvão Peabody Energy, informaram  hoje que acabam de assumir o controle da australiana Marcarthur Coal. A proposta de compra da produtora de carvão metalúrgico superou o percentual mínimo de 50,1%.

A oferta, estendida até 11 de novembro, para a adesão total, está avaliada, por 100% das ações, em A$ 4,9 bilhões (dólares australianos).

Segundo informaram hoje Peabody, baseada em St. Louis, EUA, e ArcelorMittal, em Luxemburgo, sua proposta já alcançou 59,85% de adesão dos acionistas da Macarthur. Com isso, já vão indicar representantes para o conselho da australiana.

Aditya Mittal, principal executivo de finanças e vice-presidente do grupo diretivo da siderúrgica, disse: " Encorajamos os acionistas remanescentes da Macarthur a não adiar sua adesão à oferta e, assim, poderem receber A$ 16,25 por ação, valor condicionado a aceitação de 90%". Caso não chegue a esse percentual, serão pagos A$ 16.

A Macarthur Coal é uma produtora de carvão metalúrgico de baixa volatilidade que opera e desenvolve ativos na região de Bowen Basin, Austrália. A mineradora detém 270 milhões de toneladas de reservas e recursos minerais aproximados de 2,3 bilhões.

A Peabody Energy é a maior companhia mundial do setor, com vendas de 240 milhões de toneladas de carvão e receita próxima de US$ 7 bilhões. A ArcelorMittal, com receita de US$ 78 bilhões no ano passado, produziu 90 milhões de toneladas de aço.

Para o grupo siderúrgico, o negócio está em linha com sua estratégia de garantir autossuficiência na produção das duas principais matérias-primas do aço: minério de ferro e carvão. A empresa já produz 47 milhões de toneladas de minério e 7 milhões de toneladas de carvão metalúrgico.

(Ivo Ribeiro | Valor)
 

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *