Banco do Brasil instalará corretora em Cingapura e agência em Xangai

BRASÍLIA – O Banco do Brasil vai instalar uma corretora em Cingapura e transformar o escritório de Xangai em agência bancária. Os anúncios foram feitos pelo presidente do banco, Aldemir Bendine, durante seminário sobre negócios realizado nesta segunda-feira, 11, em Pequim, na China. 

Bendine falou para cerca de 300 empresários sobre a atuação do BB no exterior.

Ele integra a comitiva da presidente Dilma Rousseff, que ficará dez dias na China para estreitar relações e incrementar negócios com o país asiático. Hoje o BB possui sete agências no Japão e escritórios de negócios em Seul, na Coreia do Sul, e nas cidades chinesas de Hong Kong e Xangai.

O vice-presidente de Negócios Internacionais e de Atacado do BB, Allan Simões Toledo, afirmou que a expansão de negócios na Ásia faz parte da nova estratégia internacional e reflete um movimento maior de negócios na região.

Segundo Toledo, a estratégia no exterior tem três focos: atendimento de empresas brasileiras, de brasileiros e posicionamento em locais com grande fluxo de comércio. Desde meados de 2009, o BB iniciou um reposicionamento.

Toledo informou que a corretora vai atuar, sobretudo, atendendo a colocação de bônus de empresas brasileiras na Ásia. O BB já tem duas corretoras no exterior, uma em Nova York e outra em Londres. A corretora de Londres é que atende ao mercado asiático. Mas com o crescimento dos negócios na região, o BB achou importante montar uma corretora na Ásia. "Tem havido uma demanda grande dos investidores pelos bônus de empresas brasileiras de vários setores", disse o vice-presidente.

O BB vai manter também em Cingapura o seu escritório de representação. Não há interesse de aquisição de instituições financeiras na região

(Adriana Fernandes l Agência Estado)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *