Braskem vai instalar nova fábrica de butadieno em Triunfo

PORTO ALEGRE – A Braskem vai implantar no polo petroquímico de Triunfo, no Rio Grande do Sul, a nova fábrica de butadieno anunciada pelo presidente da empresa, Carlos Fadigas, em entrevista ao Valor em fevereiro.

Na época, o local da nova unidade ainda não estava definido, mas ontem o vice-presidente de Relações Institucionais da companhia, Marcelo Lyra, adiantou a informação em audiência com o governador do Estado, Tarso Genro (PT).
 
A Braskem informou que a fábrica, com capacidade instalada de 100 mil toneladas por ano, será concluída até o fim de 2012 e vai exigir investimentos de R$ 300 milhões. A empresa já tem uma unidade de produção de butadieno (matéria-prima para indústria de pneus e borracha) no polo gaúcho com capacidade de 105 mil toneladas/ano, além de plantas na Bahia e em São Paulo.
 
A escolha ainda precisa ser ratificada pelo conselho de administração, mas a decisão foi tomada após “algumas semanas de negociação” com as secretarias da Fazenda e do Desenvolvimento do Estado, informou a Braskem.

O governo gaúcho ofereceu isenção de ICMS sobre equipamentos sem similar no Rio Grande do Sul importados pelos portos locais e vai isentar as máquinas adquiridas de empresas gaúchas. Também autorizou a Braskem a pagar fornecedores locais com créditos tributários.
 
A empresa informou ainda que a decisão deveu-se ao crescimento da demanda pela matéria-prima no mercado internacional e ao “potencial” de expansão da cadeia produtiva do setor no Estado, onde operam empresas, como a gaúcha Borrachas Vipal e a alemã Lanxess.

A Vipal já anunciou a construção de uma fábrica de pneus em parceria com a argentina Fate no município de Guaíba, enquanto a Lanxess adquiriu no ano passado o controle do braço de elastômeros da holandesa Royal DSM – incluindo uma unidade em Triunfo.
 
O governador do Estado afirmou que os incentivos concedidos à empresa vão estimular a geração de empregos no Rio Grande do Sul e garantirão “privilégios” aos fabricantes locais no fornecimento de equipamentos para a nova planta. Segundo a Braskem, mil pessoas vão trabalhar na implantação da nova unidade, que quando estiver em operação irá gerar 60 postos de trabalho permanentes.

(Sérgio Bueno | Valor)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *