Com investimento de R$ 38 milhões, Perto amplia fábrica no RS

A Perto anunciou investimento de R$ 38 milhões para a ampliação de sua fábrica de caixas de autoatendimento bancário (ATM) instalada em Gravataí, no Rio Grande do Sul. Desse total, R$ 26 milhões serão destinados à aquisição de equipamentos de automação. Os R$ 12 milhões restantes serão para ampliação da área construída dos atuais 33 mil metros quadrados para 41 mil metros quadrados.

Segundo Thomas Elbling, presidente da Perto, a estratégia visa acompanhar as perspectivas de crescimento do mercado brasileiro de ATM nos próximos anos. "Além de ampliar a produção, queremos montar uma estrutura de fabricação no estado da arte", diz o executivo.

A fábrica de Gravataí produz cerca de 800 mil caixas eletrônicos por mês. Com a ampliação da unidade a previsão inicial de Elbling é chegar a 1,5 mil equipamentos por mês.

Com o investimento, a companhia espera também ampliar o volume de caixas eletrônicos que são exportados para a América Latina. Hoje, 10% da produção tem como destino países como Chile, Venezuela, Uruguai e Peru. "A proposta é elevar esse índice para 25% no prazo de três anos", afirma Elbling.

A previsão do executivo é que a fábrica entre em operação sob a nova estrutura a partir do segundo semestre de 2012. As obras estão programadas para começar em setembro e serem concluídas oito meses depois. A partir da expansão, a expectativa da companhia é gerar 180 novos empregos, com 90% de mão de obra local.

O objetivo para este ano, segundo Elbling, é alcançar uma receita de R$ 320 milhões, o que representa um crescimento superior a 20% em comparação a 2009. Naquele ano, a companhia registrou faturamento de R$ 260 milhões.

O executivo acrescenta que a Perto quer estender a oferta de ATM para outros segmentos. Pela estratégia atual, os bancos respondem por 60% da receita da empresa. "Estamos trabalhando para ampliar nossa atuação em setores como varejo e transportes", diz Elbling. (MD)

(Valor Econômico)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *