Conselho da OGX propõe cisão de 70%

SÃO PAULO – A OGX, companhia de petróleo do empresário Eike Batista, divulgou hoje a ata de uma reunião do Conselho de Administração realizada no dia 12, na qual foi aprovada uma cisão parcial da companhia.

A OGX Ltda, subsidiária da companhia, será dividida de forma que 70% dos ativos referentes aos blocos de exploração BM-C-37; BM-C-38; BM-C-39; BM-C-40; BM-C-41, BM-C-42 e BM-C-43, todos na Bacia de Campos, sejam transferidos para a OGX Campos Petróleo e Gás S.A, também subsidiária da OGX S.A.

A cisão ainda será submetida à aprovação de assembleia geral de acionista e da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Eike Batista já declarou algumas vezes, neste ano, que planeja realizar um "farm out", ou seja, a venda de parte dos ativos da OGX para outra empresa do setor de petróleo. Nas declarações, ele cogitou a venda de uma fatia entre 20% e 30% do blocos de exploração na Bacia de Campos.

(Téo Takar | Valor)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *