CSN compra empresas na Espanha por quase 1 bi de euros

São Paulo – A Companhia Siderúrgica Nacional anunciou no final da quinta-feira a compra de cinco empresas do grupo espanhol Alfonso Gallardo, um dos maiores produtores de aço da Espanha, por cerca de 1 bilhão de euros.

A CSN assinou acordos para a compra da Cementos Balboa, Corrugados Azpeitia, Corrugados Lasao, Stahlwerk Thüringene e Gallardo Sections. As empresas produzem desde cimento a aços longos na Espanha e Alemanha.

O valor da operação inclui 543 milhões de euros pela compra da totalidade das ações das empresas, além de dívida de cerca de 403 milhões de euros.

A operação foi anunciada pouco depois da divulgação de números do Produto Interno Bruto da Espanha nesta semana. No primeiro trimestre, a economia espanhola cresceu ligeiros 0,3 por cento sobre os três últimos meses de 2010. Na comparação anual, a expansão foi de 0,8 por cento, ritmo mais rápido em quase dois anos.

Apesar disso, o setor de construção espanhol continuou a apresentar dificuldades, encolhendo 10,2 por cento diante da persistência da crise no setor imobiliário do país.

"A transação concorrerá para o fortalecimento da CSN nos segmentos de cimento e aços longos", afirma a companhia em comunicado ao mercado.

O negócio com o grupo Alfonso Gallardo já havia sido sinalizado pela CSN no início do mês, quando o diretor executivo da companhia, Paulo Penido, afirmou que a empresa estava finalizando as negociações e a modelagem financeira da operação. No comunicado, a CSN não deu detalhes sobre o financiamento da transação.

A Balboa possui uma unidade com capacidade de produção anual de 1,4 milhão de toneladas de cimento e de 1,1 milhão de toneladas de clínquer. A empresa ainda tem uma mina de calcário e ardósia a 5 quilômetros da fábrica.

Enquanto isso, Azpeitia e Lasao são unidades produtoras de aços longos localizadas no norte da Espanha. A Azpeitia é especializada na produção de vergalhões e tem capacidade para 1,1 milhão de toneladas anuais, enquanto a Lasao produz telas eletro-soldadas, com uma capacidade para 200 mil toneladas anuais.

A CSN afirmou ainda que a SWT produz aços longos em Unterwellenborn, região central da Alemanha. A empresa é especializada em perfis e tem capacidade instalada para produção de 1,1 milhão de toneladas de aço.

Já Gallardo Sections é distribuidora do grupo Alfonso Gallardo.

Além de aço e cimento, o grupo espanhol possui negócios em energia renovável, combustíveis e comunicações.

Em 2009, a CSN acabou vencida por Votorantim e Camargo Corrêa na tentativa de aquisição da cimenteira portuguesa Cimpor. O grupo brasileiro vendeu em abril sua participação na produtora de carvão Riversdale, focada na África, por cerca de 830 milhões de dólares.

(Reuters)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *