De olhos bem cobertos

O fabricante dos óculos Triton Eyewear investe para dobrar rede de lojas em três anos.

Nos últimos dias de maio, a população da ensolarada cidade de Teresina pôde se deparar com uma nova loja de marca de um tipo de acessório que faz sucesso na região: óculos escuros. É que a primeira franquia da paulista Triton Eyewear (não confundir com a Triton da área de roupas, criada pelo estilista carioca Tufi Duek) abriu suas portas na capital piauiense.

A inauguração pode ser considerada o início de um ambicioso plano de expansão traçado pelo empresário Miguel Haidamus, que fundou a Triton Eyewear em 1981. “Pretendemos dobrar o tamanho da rede própria e de franquias nos próximos três anos”, diz Haidamus Filho, diretor-executivo da empresa, que divide o comando com o pai. Dos 800 pontos de venda, apenas 187 são de lojas próprias ou franqueadas.
 
Com essa expansão, Haidamus Filho estima que o faturamento, que chegou a R$ 100 milhões no ano passado, cresça 70% até 2014. Outra estratégia para atingir esse objetivo é a venda dos óculos pela internet. Em abril, a Triton Eyewear estreou na rede. Em apenas um mês, vendeu 1,5 mil óculos, o mesmo volume de uma loja de shopping, segundo o diretor-executivo. A empresa planeja também vender relógios a partir de 2012.

A entrada no varejo da marca ocorreu em 2001, quatro anos depois da rival Chili Beans ser criada. “A concorrência, na época, ficou mais acirrada”, afirma Haidamus Filho. Até então, a empresa vendia seus óculos apenas no atacado. A Triton Eyewear e a Chili Beans disputam um mesmo público: as pessoas que buscam um acessório com design e charme, mas não têm poder aquisitivo para adquirir um produto importado, como Armani ou Prada.
 
Para manter os preços em conta, a estratégia de Haidamus Filho foi terceirizar 90% da produção para a China – apenas 10% dos óculos são da fábrica no bairro do Ipiranga, em São Paulo. A exemplos de marcas globais como a Nike e Apple, a companhia se concentra no desenvolvimento do design, trabalho feito por sete profissionais, incluindo o próprio Haidamus Filho. Para se inspirar, o time de designers frequenta feiras internacionais em Paris, Milão e Hong Kong.

(Érica Polo l IstoÉ Dinheiro)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *