Entrada da Vale deu robustez ao consórcio de Belo Monte, diz Tolmasquim

O Consórcio Norte Energia, que vai tocar as obras da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, ficou mais "robusto" com a entrada da mineradora Vale como sócia, afirmou nesta sexta-feira (29) o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Mauricio Tolmasquim. "A Vale já tinha interesse em Belo Monte. É uma maneira de fortalecer o consórcio e atender a algo que a empresa sempre quis. A Vale chegou a participar do leilão da usina no Consórcio Belo Monte Energia, mas perdeu a disputa. Agora, todos saem ganhando”.

A Vale comprou 9% da Gaia Energia, empresa do grupo Bertin, que fazia parte do consórcio, mas abandonou o projeto em fevereiro.

Tolmasquim participou de um debate sobre o futuro da arquitetura energética no continente, no Fórum Mundial Econômico para a América Latina, que termina hoje no Rio de Janeiro.

(Agência Brasil)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *