Gávea e HSBC investem na Camisaria Colombo

Três fundos de investimentos – dois administrados pelo Gávea e um pelo HSBC – fecharam um acordo de investimento com a Camisaria Colombo, segundo apurou o iG. Eles ficarão com uma fatia acionária da tradicional loja de roupas masculinas.

A intenção dos fundos de investimento é capitalizar a rede e acelerar seu processo de crescimento com a abertura de novas lojas, o ingresso em novos segmentos do ramo de vestuário e a possível aquisição de rivais. A rede de lojas de roupas é voltada à classe C.

A Camisaria Colombo – não confundir com a Lojas Colombo, com sede em Farroupilha (RS), do setor de eletroeletrônico e linha branca – tem cerca de 200 lojas, principalmente em shopping-centers, do Distrito Federal e de quase todos os Estados brasileiros. Só não está presente no Acre, Piauí, Roraima e Amapá.

A empresa tem faturamento estimado superior a R$ 350 milhões. No ano passado, a Camisaria Colombo dieclarou sua intenção de ter um sócio para acelerar o projeto de chegar a 560 lojas, com faturamento acima de R$ 1 bilhão a partir de 2014.

A Camisaria Colombo é controlada pela família Jabur Maluf desde a sua fundação em 1917. A terceira geração de imigrantes libaneses está à frente do negócio.

Procurados, o Gávea, que é administrado pelo ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga, e o HSBC não comentaram o assunto. O investimento do Gávea foi feito por intermédio dos fundos GIF Gestão de Participações e Investimentos e GIF IV Fundo de Investimento e Participações.

O iG entrou em contato telefônico e por email com os donos do grupo Colombo, os irmãos Paulo e Álvaro Jabur Maluf Jr, mas não obteve retorno do pedido de entrevista.

(André Vieira l iG)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *