Grupo dono da Wizard compra rede Yázigi por R$ 100 milhões

Menos de uma semana após ter fechado o aporte de R$ 200 milhões com a Kinea, empresa de investimentos controlada pelo banco Itaú, o Grupo Multi, dono da rede de escolas de idiomas Wizard, fechou a compra da Yázigi.

A transação, avaliada em R$ 100 milhões, prevê a incorporação de 420 escolas franqueadas. A Yázigi, rede de ensino de idiomas mais antiga do país, fundada em 1950, atingiu R$ 250 milhões em faturamento em 2009.

Segundo Charles Martins, presidente do conselho do Multi, a intenção é posicionar a Yázigi como braço de ensino de inglês e espanhol para alunos das classes A e B.

As conversas com o Yázigi começaram no ano passado, mas não avançaram. A chegada do Kinea como sócio minoritário do Multi, na semana passada, acelerou as negociações.

"Tentamos algumas conversas no ano passado, mas o Yázigi estava muito fechado e não queria vender a operação para concorrentes. A chegada do Kinea facilitou o processo de aquisição", diz.

Com o aporte, anunciado na quinta-feira passada, o Kinea passou a ser sócio minoritário do Grupo Multi com participação inferior a 20%.

De acordo com Martins, do total de recursos investidos pela Kinea, 90% serão destinados a novas aquisições.

Outra área de interesse da companhia, além de redes de idiomas e de ensino profissionalizante, é a de sistemas de ensino que, segundo Martins, já é alvo de estudos.

"O mais interessante da parceria com o Kinea foi a possibilidade de trazer novos negócios para a rede, não apenas o dinheiro. A aquisição do Yázigi teve muita participação do fundo", afirma.

Embora tenha sido alvo de quase dez fundos de investimento nos últimos anos, o Grupo Multi recusou-se a vender o controle da companhia e preferiu manter a gestão sob controle da família Martins.

INTEGRAÇÃO DE ESCOLAS

Desde o início do ano, o Multi adquiriu cinco empresas. Além da Yázigi, foram incluídas também a Quatrum, de ensino de idiomas para crianças baseada no Sul do país, e as redes profissionalizantes SOS Computadores, Microlins e Bit Company.

As empresas foram somadas às unidades de Wizard, Skill e Alps, em idiomas, e à People, em ensino profissionalizante. No total, a empresa tem hoje nove marcas.

Para digerir as aquisições, a empresa criou uma unidade de negócios com cinco gestores dedicada exclusivamente a integrações de métodos, escolas e funcionários.

"Também aumentamos o número de diretores de 3 para 12 desde o início do ano, que são responsáveis pelas marcas", diz Martins.

A aquisição do Yázigi fará o faturamento do Grupo Multi saltar para R$ 2,3 bilhões no ano. A rede encerrará o ano com 3.520 escolas no Brasil, nos EUA, na Ásia, na África, na Europa e na América Latina.

Embora não tenha nenhuma data planejada, o Grupo Multi espera abrir o capital ao longo dos próximos anos. Segundo Cristiano Lauretti, diretor de "private equity" do Kinea, a intenção com o investimento na companhia é multiplicar os recursos investidos até a saída via IPO.

(Camila Fusco | Folha Online)

 

+ posts

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *