Grupo Effa confirma fábrica da chinesa Lifan no Brasil

O Grupo Effa confirmou ao G1, nesta sexta-feira (8), que assinou acordo com a fabricante de automóveis chinesa Lifan para a construção de uma fábrica no Brasil. O investimento está previsto em US$ 100 milhões. Segundo a empresa, a perspectiva é de que a unidade fabril funcione em sistema de CKD (Completely Knocked-down Vehicles), quando o carro chega totalmente desmontado do exterior e é somente montado no local.

Os modelos a serem montados em solo brasileiro, inicialmente, deverão ser o Lifan 320 e Lifan 620, vendidos no país desde outubro. A capacidade da fábrica será de 10 mil unidades por ano. De acordo com a Effa, o local ainda não foi definido, mas as negociações serão fechadas entre dois e três meses. A empresa não fala nem quais estados estariam na concorrência pelo investimento.

Mais detalhes sobre o acordo ainda serão anunciados, mas o Grupo Effa adianta que a unidade fabril deverá começar as operações já entre o fim deste ano e o começo do ano que vem.

Esse investimento é somado aos US$ 70 milhões anunciados em março pelas duas companhias para a construção de um centro de pesquisas e desenvolvimento no Brasil, que será instalado em São Paulo.

Ampliação da fábrica uruguaia

O Uruguai também está no foco da montadora chinesa. Em maio, o grupo anunciou a ampliação da linha de montagem da fábrica da Lifan em San José, região metropolitana de Montevidéu, no Uruguai. De acordo com Eduardo Effa, presidente do grupo, a intenção é erguer oito linhas para produzir até 100 automóveis por dia.

Atualmente, a unidade uruguaia tem quatro linhas de montagem, 450 funcionários e capacidade de produção de 60 veículos por dia.

A Lifan fabrica no Uruguai os modelos 320 (hatchback que ‘lembra” o Mini Cooper) e o 620 (sedã). Existe a possibilidade, de acordo com a própria montadora de origem chinesa, de em 2012 o utilitário esportivo X60 e uma minivan serem montados na mesma planta.

(G1)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *