Investimento de private equity dispara no Brasil

Londres – Os investimentos de private equity nos mercados emergentes totalizaram 13 bilhões de dólares no primeiro semestre de 2010, montante 55 por cento maior que o registrado no ano anterior e caminha para superar os níveis de 2009, afirmou a associação do setor, EMPEA, nesta quarta-feira.

Uma alta nos investimentos na América Latina e contínua forte atividade na China e Índia estão por trás do aumento, afirmou a norte-americana Emerging Market Private Equity Association em comunicado.

Dois dos cinco maiores acordos de private equity nos mercados emergentes foram no Brasil, acrescentou a EMPEA, e os investimentos em private equity no país dispararam 53 por cento nos seis primeiros meses de 2010 em relação a todo o ano de 2009, para 1,513 bilhão de dólares.

A EMPEA disse que 402 transações foram feitas na primeira metade do ano contra 280 no mesmo período de 2009. A média do tamanho das operações é de 51 milhões de dólares, também maior em relação ao ano passado.

Os níveis de arrecadação de recursos para investimentos de private equity também subiram, com 11 bilhões de dólares levantados na primeira metade de 2010 contra 9 bilhões de dólares em igual intervalo um ano antes.

Os fundos asiáticos, particularmente os chineses, continuam a corresponder por mais da metade do montante total.

Houve uma "alta notável" no levantamento de capital para fundos investindo na África sub-saariana e América Latina, afirmou a EMPEA.

(Portal Exame)

 

 

 

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *