Itaú vai fortalecer presença na baixa renda, com banco Carrefour

São Paulo – Com a aquisição de 49% do banco Carrefour, o Itaú planeja aumentar sua presença no segmento de baixa renda. “Queremos reforçar nossa penetração nas classes C, D e E”, disse Rogério Calderón, diretor corporativo de controladoria do Itaú Unibanco, nesta quinta-feira (14/4), em teleconferência com jornalistas.

Desde 2009, o crescimento da economia brasileira  vem dando fôlego à baixa renda no país. A classe C, por exemplo, – formada por famílias com uma faixa de renda média mensal de 1.100 reais a 4.800 reais – já soma mais de 90 milhões de pessoas. “E é nesse público que o Itaú está de olho”, afirmou Roberto Oliveira, professor do núcleo de varejo da ESPM.

Mesmo com os anúncios constantes do governo, que visa restringir o consumo para conter a inflação, o Itaú está confiante que o mercado continue a crescer a taxas bem elevadas. “Esperamos um crescimento de 15% no segmento de crédito para consumo, neste ano”, afirmou Calderón.

Segundo o especialista, a sinergia entre as duas instituições devem elevar, no curto prazo, tanto o número de contas e a carteira de crédito do banco Carrefour. “O número de clientes deve passar de 7,7 milhões para 15 milhões e a carteira de crédito subir de 2,3 bilhões de reais para 3 bilhões de reais”, afirmou Oliveira.

O impulso, de acordo com o especialista, está relacionado à imagem positiva do Itaú, que deve atrair mais consumidores. “O cliente tem muito a ganhar com a aquisição, principalmente, no que se refere ao atendimento. O Carrefour está acostumado a vender arroz e feijão e não serviços bancários ”, disse Oliveira.

(Daniela Barbosa l Exame)

Website | + posts

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *