JSL diversifica clientela e eleva margem no trimestre

SÃO PAULO – A venda de serviços de maior valor agregado contribuiu para o aumento de margem da empresa de logística JSL no primeiro trimestre deste ano. Enquanto a receita líquida avançou 30,9%, para R$ 498,6 milhões, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) subiu 68,7%, para R$ 85,4 milhões.

Com isso, a margem Ebitda atingiu 17,1%, próximo dos 17,5% que o presidente da empresa, Fernando Simões, diz que pode ser usado como referência para o resultado deste ano, quando a projeção é de alcançar Ebitda total de R$ 410 milhões.

Ele conta que o crescimento das vendas está sendo puxado pela diversificação da base de clientes. As áreas de papel e celulose, automotiva, de terceirização de frota para o setor público e de transporte de passageiros, as principais da companhia, representavam quase 75%  das vendas no primeiro trimestre do ano passado. No mesmo período desse ano, essa fatia caiu para 63%.

Afetado positivamente pelo resultado financeiro e por uma alíquota efetiva de impostos menor, o  lucro líquido saltou 588%, para R$ 15,3 milhões.

(Fernando Torres | Valor)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *