Lucro da Renner sobe 29% e alcança R$ 47,6 milhões

A Lojas Renner reportou nesta quinta-feira (28/4) lucro líquido de R$ 47,6 milhões no primeiro trimestre de 2011, um incremento de 29% em relação ao mesmo período em 2010.

A receita líquida total da companhia cresceu 18,4%, com R$ 598,8 milhões, enquanto que a receita líquida das vendas teve crescimento de 17,6% no período, após alcançar R$ 517,7 milhões.

As vendas do primeiro trimestre foram beneficiadas por uma boa aceitação das coleções, pela ausência do Carnaval no mês de fevereiro e pelo menor impacto deste feriado quando realizado no mês de março, já no final do período de verão. Temperaturas mais baixas na região Sudeste, desde a metade do trimestre, também contribuíram para a boa performance de vendas.

As vendas em mesmas lojas (abertas há pelo menos um ano) registraram incremento de 11,2%.

A geração operacional — Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) — foi de R$ 85,2 milhões, subindo 16,5% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

As despesas com vendas chegaram a R$ 167 milhões, representando 32,3% da receita líquida das vendas de mercadorias e as despesas gerais e administrativas atingiram R$ 51,5 milhões, representando 9,9% da receita líquida.

"Quanto às despesas operacionais, houve, conforme esperado, algumas pressões por conta do grande número de lojas que estão sendo preparadas para inauguração, das equipes que estão sendo recrutadas e treinadas e das áreas de apoio que foram readequadas para suportar o período de maior crescimento. Dispêndios em logística também impactaram o primeiro trimestre", justifica a companhia.

(Brasil Econômico)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *