Lucro do Bradesco cresce 37% no 4o trimestre

O Bradesco fechou o quarto trimestre com uma alta de 37 por cento no lucro líquido na comparação com um ano antes, num desempenho que ficou praticamente em linha com o esperado pelo mercado.
O segundo maior banco privado do Brasil teve lucro líquido de 2,987 bilhões de reais nos três últimos meses de 2010 ante ganho de 2,527 bilhões no trimestre anterior e 2,181 no quarto trimestre de 2009.

Em termos ajustados, o lucro do banco no último trimestre de 2010 foi de 2,684 bilhões de reais ante expectativa média de 2,602 bilhões de reais obtida pela média de sete estimativas de analistas obtida pela Reuters.

Em todo o ano de 2010, o lucro líquido contábil do Bradesco somou 10,022 bilhões de reais, crescimento de 25,1 por cento na comparação com 2009.

O resultado do trimestre foi apoiado em uma expansão de 20,2 por cento carteira de crédito, que terminou o ano em 274,227 bilhões de reais. Já pelo critério expandido, que considera principalmente operações com grandes empresas, a carteira avançou 23 por cento, para 293,555 bilhões de reais.

Já a despesa com provisão para devedores duvidosos (PDD) registrou queda de 14,8 por cento no quarto trimestre, na comparação anual, para 2,295 bilhões de reais. Sobre o terceiro trimestre houve aumento de 11,5 por cento.

Segundo o banco, os indicadores de inadimplência da instituição, porém, "fixaram-se no menor patamar dos últimos oito trimestres". O índice baseado em operações vencidas há mais de 90 dias fechou o trimestre passado em 3,6 por cento, uma queda de 1,3 ponto percentual na comparação anual e praticamente estável ante os 3,8 por cento do terceiro trimestre.

O Bradesco terminou 2010 com 637,485 bilhões de reais, um crescimento de 25,9 por cento sobre 2009.

(Alberto Alerigi Jr. l Reuters)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *