MMX confirma negociação de ativos

SÃO PAULO – A MMX – braço de mineração do grupo do empresário Eike Batista (EBX) – confirmou hoje que "mantém entendimentos" com diversas empresas e instituições financeiras sobre a venda de seus ativos, mas que ainda não concretizou qualquer negociação relacionada à alienação do negócio de extração de minério de ferro.

Em ofício enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a mineradora cita que o processo de consolidação no setor poderá render à companhia importantes oportunidades de negócio.

A companhia ainda reforça que comunicará prontamente o mercado no caso da concretização de "qualquer eventual negociação" nesse sentido.

A resposta segue as notícias de que Eike Batista estaria negociando a venda dos ativos da MMX, sendo que a ArcelorMittal, maior siderúrgica do mundo, seria uma das interessadas no negócio.

O negócio também incluiria o projeto do porto Sudeste, desenvolvido pela LLX – braço de logística do grupo EBX – para escoar a produção das minas de minério de ferro.

Sobre o tema, a LLX também enviou ofício à CVM em que diz estar atenta a oportunidades de negócios, o que pode envolver a alienação de ativos relevantes. "A companhia ressalta, todavia, que até o presente momento nenhuma destas oportunidades se concretizou na forma da venda do Porto Sudeste", esclarece a empresa.

(Eduardo Laguna | Valor)

 

 

 

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *