Para Brasil Foods, é momento de fazer aquisições fora do país

Apesar de 40% do faturamento da BRF Brasil Foods estarem ligados ao mercado externo, a companhia pode usar a valorização da moeda brasileira ao seu favor, na opinião do presidente José Antonio Fay.

"A grande oportunidade nesse momento é fazer aquisições fora do país, especialmente em operações de processamento", disse Fay em debate organizado pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (IBEF), realizado hoje em São Paulo. "O câmbio que nos atrapalha para vender, ajuda para comprar", completou.

O presidente da BRF destacou que o mundo desenvolvido, especialmente a Europa, tem levantado barreiras à exportação. "Mas, no fim, todo mundo precisa do Brasil de alguma forma", afirmou.

Para BRF, segundo Fay, o câmbio reflete de maneira especialmente problemática no Oriente Médio, principal importador de seus produtos.

O presidente da BRF disse que a situação internacional atual não preocupa. "É uma questão de adaptar fluxos. Cerca de 60% dos nossos negócios estão no mercado interno".

(Luciana Seabra | Valor)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *