Petrobras prevê economia de US$ 13 bi com venda de ativos nos próximos anos

A venda de ativos nos próximos anos e o fim da antecipação dos pagamentos a fornecedores de materiais e equipamentos deverão resultar numa economia de US$ 13,6 bilhões para a Petrobras até 2015.

O presidente da companhia, José Sérgio Gabrielli, ao detalhar nesta segunda-feira o Plano de Negócios para 2011/2015 explicou que a venda de ativos deverá ocorrer principalmente no exterior. Por outro lado, com uma gestão financeira mais eficiente, a estatal pretende reduzir seus custos deixando de antecipar pagamentos a seus fornecedores. Hoje, eles têm acesso ao Progredir, programa pelo qual conseguem antecipar seus créditos junto à rede bancária dando como crédito os contratos com a Petrobras.

Além dessa redução de gastos, o Plano, que ficou em US$ 224,7 bilhões, prevê atraso da entrada em operação da Refinaria Premium I, no Maranhão, que passou de 2014 para 2017. Já o início do funcionamento da Premium II, no Ceará, continua previsto para 2017.

(Ramona Ordoñez l OGlobo)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *