Pfizer compra 40% do laboratório brasileiro Teuto

A farmacêutica norte-americana Pfizer anunciou nesta quarta-feira que vai adquirir 40% do laboratório brasileiro Teuto, buscando ampliar seu portfólio de medicamentos genéricos no país.

A companhia, que fará um desembolso inicial de R$ 400 milhões, terá opção de apresentar oferta pelos 60% restantes do laboratório no início de 2014. Já os acionistas do Teuto poderão vender sua fatia de 60% apenas a partir de 2015.

Segundo a Pfizer, a operação deve ser concluída até o final do quarto trimestre deste ano.

Por meio do acordo, a Pfizer poderá registrar e comercializar produtos da Teuto no Brasil e em outros mercados sob suas marcas próprias.

Segundo a companhia, a operação deve ser concluída até o final deste ano.

"Esta parceria permitirá que ambas empresas se desenvolvam apoiadas nas principais atividades de casa uma, e as áreas de conhecimento ajudarão a atender as necessidades de pacientes mais do que nunca", disse o presidente para negócios em mercados emergentes da Pfizer, Jean-Michel Halfon, em nota, acrescentando que o acordo confirma a estratégia da companhia de investir em mercados emergentes.

Localizado em Anápolis (GO), o laboratório Teuto foi fundado em 1947.

O acordo com a Teuto é o mais recente de uma série de negociações promovidas pela Pfizer, incluindo a compra do especialista em analgésicos King Pharmaceuticals e aliança com a indiana Biocon em produtos similares a insulina.

(JB Online)
 

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *