Presidente da TIM diz que País deve ampliar serviço de banda larga para o interior

Depois de se reunir com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, o presidente da operadora de telefonia TIM, Luca Luciani, disse que a empresa tem interesse em participar do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e que é possível oferecer o serviço de internet rápida por R$ 35 ao mês, como proposto pelo governo. Segundo ele, o grande desafio é aumentar a oferta de banda larga no interior do país.

“O grande ponto é que a competição está chegando até agora só nas grandes cidades e existe uma demanda reprimida incrível no interior do país. Acreditamos que as operadoras móveis podem chegar lá”, disse, lembrando que em cinco anos o número de linhas da telefonia celular ultrapassou o da população brasileira. De acordo com Luciani, a presença da Telebras, com oferta de banda larga no atacado, facilita a penetração das empresas no interior.

Luciani defendeu que as empresas de telefonia móvel se unam em consórcio para a construção da backbone (a estrutura principal de transmissão) no interior e compartilhem a infraestrutura de rede existente. “Todas as operadoras acham que existem gargalos no componente de transmissão. Acreditamos que reduzindo as dificuldades, baixando o custo da rede de transmissão, o processo natural de desenvolvimento da banda larga pode acelerar ainda mais”.

(Agência Brasil)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *