Rio de Janeiro terá 11 novos hotéis na rota do petróleo

Antes focada no turismo de veraneio, a rede hoteleira do Estado do Rio recebe investimentos no segmento de negócios e começa a se expandir para a Baixada Fluminense e outras cidades da chamada "rota do petróleo".

Criada em 2009, a NEP Incorporadora investirá R$ 300 milhões na construção de onze hotéis em cidades que recebem empreendimentos da Petrobras, de seus fornecedores e de outras empresas.

Os dois primeiros foram lançados em novembro em Duque de Caxias e São João de Meriti, na Baixada -região onde há uma refinaria da Petrobras.

Mais dois empreendimentos serão lançados neste mês em Itaguaí, cidade vizinha ao Rio onde está o porto de mesmo nome.

Já estão previstos também mais dois lançamentos em 2011: um em Itaboraí, sede das obras do Comperj (refinaria e polo petroquímico), e outro em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense -onde o empresário Eike Batista vai construir uma unidade de processamento de petróleo e um porto.

Segundo Cyro Fidalgo, presidente da NEP, serão erguidos hotéis em Angra dos Reis (sede de estaleiro e terminal da Petrobras) e Macaé (principal base da empresa).

"Identificamos o potencial das cidades da rota do petróleo, onde há uma carência muito grande de hotelaria de qualidade voltada para o turismo de negócios."

Os hotéis serão administrados pela Atlântica Hotels Internacional e terão bandeiras internacionais, como Supreme, Confort e Go Inn.

Outras bandeiras têm se instalado no Estado, como a Ibis, que constrói dois hotéis em Itaguaí.

(Folha de São Paulo)

 

 

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *