Sandoval deixa presidência do Grupo Silvio Santos; sobrinho assume

Luiz Sebastião Sandoval, presidente do Grupo Silvio Santos há 28 anos, anunciou sua saída do cargo na noite desta quinta-feira (18), quando pediu demissão em "caráter irrevogável".

Em seu lugar, ocupa a vaga o sobrinho de Silvio Santos, Guilherme Stoliar, até então diretor executivo no SBT apontado como alguém em quem o empresário confia.

"Stoliar terá como missão dar continuidade ao trabalho de desenvolvimento do grupo que reúne 44 empresas", informou comunicado do Grupo.

Como primeira medida à frente da presidência, Stoliar nomeou Jose Roberto dos Santos Maciel, até então diretor administrativo e financeiro do SBT, vice-presidente da emissora.

A mudança na chefia ocorre depois que um rombo no balanço financeiro do Banco Panamericano, uma das empresas do Grupo, obrigou a instituição a tomar um empréstimo de R$ 2,5 bilhões para sobreviver. O caso é investigado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, e o Banco Central já disse que vê indícios de crime nas contas da empresa, que por anos deixou de dar baixa em carteiras de crédito que vendia.

Comunicado da empresa classifica Stoliar como "profissional de larga experiência e profundo conhecimento dos negócios do grupo".

No último parágrafo, a nota também elogia o ex-presidente.

"Há 40 anos no Grupo Silvio Santos, o Dr. Luiz Sebastião Sandoval teve um papel fundamental no crescimento dos negócios, tendo participado ativamente na construção de suas empresas.

O Grupo Silvio Santos agradece todo o profissionalismo, dedicação e comprometimento com que exerceu sua função em todos esses anos", diz o comunicado.

(G1, São Paulo)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *