Time Warner planeja lançar 4G em rede alugada

A Time Warner Cable negocia com a LightSquared, pertencente ao bilionário Philip Falcone, o uso da rede sem fio da empresa para fornecer acesso móvel à internet para seus clientes, segundo duas fontes a par da situação.

A LightSquared, financiada pelo fundo hedge Harbinger Capital Partners, de Falcone, discute a venda de serviços em sua rede de tecnologia sem fio de quarta geração (4G) para a nova-iorquina Time Warner Cable, mas não há garantia de que chegará a algum acordo, de acordo com as fontes, que não quiseram se identificar porque as negociações não são públicas.

A LightSquared busca concorrer com a AT&T, Verizon Wireless e Clearwire no fornecimento de serviços sem fio de maior velocidade, usando uma combinação de redes terrestres e satélites. A Time Warner Cable, que tem participação na Clearwire e usa essa rede para seus atuais serviços sem fio, pode estar querendo o acordo com a LightSquared para expandir o serviço, segundo Shing Yin, analista da Citadel Securities, em Nova York.

"A grande vantagem que a LightSquared tem sobre a Clearwire é a questão dos satélites", disse Yin, que classifica as ações da Clearwire com recomendação de "forte compra" e não possui nenhum papel da empresa. "A qualidade de serviço não será tão boa como a de uma rede terrestre, como a da Clearwire, mas [observando] a partir da perspectiva da Time Warner Cable ter a LightSquared como opção, pode ser uma proposta atraente, porque ganharia cobertura nacional."

Justin Venech, porta-voz da Time Warner Cable, e Audrey Schaefer, porta-voz da LightSquared, não quiseram comentar as informações, assim como Susan Johnston, porta-voz da Clearwire.

Falcone comprometeu-se a investir bilhões para enfrentar os rivais de maior porte e mais estabelecidos no mercado da LightSquared, cuja sede fica em Reston, Virgínia, e terá de cumprir os prazos determinados pelo governo para desenvolver sua rede. Em 2010, Falcone concordou com as condições estipuladas pela Comissão Federal de Comunicações dos EUA (FCC, na sigla em inglês), de que seu serviço tivesse capacidade para atender até 100 milhões de pessoas no país até o fim de 2012 e 260 milhões até 2016.

Nesta semana, a LightSquared anunciou acordos com a rede varejista BestBuy e com a operadora telefônica Leap Wireless International. O executivo-chefe da LightSquared, Sanjiv Ahuja, afirmou que a empresa pretende investir US$ 14 bilhões em sua rede nos próximos oito anos.

(Alex Sherman e Greg Bensinger | Bloomberg)

+ posts

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *