Varejo tem maior número de negócios

O setor de varejo registrou o maior número de fusões e aquisições no primeiro bimestre, segundo dados compilados pela consultoria PricewaterhouseCoopers (PwC). Foram anunciadas 15 operações envolvendo varejistas, ou 13% dos 115 negócios divulgados em janeiro e fevereiro de 2012.

O consumo das famílias é apontado pela PwC como o principal fator de estímulo para fusões e aquisições no setor de varejo. "Todos os setores tendem a se beneficiar por este [movimento do] consumo, sejam os industriais ou diretamente relacionados a produtos de consumo. O setor de varejo, sendo a porta de saída do produto, está nesta cadeia e continuaremos a ver movimentos de fusões e aquisições neste setor também", diz Alexandre Pierantoni, sócio da PwC.

Ele também prevê mais negócios em setores como os de óleo, gás, infraestrutura, logística, saúde e educação. Nos primeiros dois meses deste ano, segundo a PwC, operações nas áreas de tecnologia de informação (TI) e serviços públicos (energia elétrica e rodovias) também destacaram-se.

Fundos de private equity foram notados em 48% dos negócios; o capital nacional, em 59%. Das operações de janeiro e fevereiro, 43% referem-se a compra de controle.

(Cynthia Malta | Valor)
 

+ posts

Compartilhar este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *