Venda de imóveis novos cai 48,4% em SP

As vendas de imóveis novos residenciais na cidade de São Paulo caíram 48,4% em agosto na comparação com julho, atingindo 1.638 unidades, de acordo com a Pesquisa sobre Mercado Imobiliário realizada mensalmente pelo Departamento de Economia e Estatística do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi-SP). No mês de agosto, os imóveis de dois dormitórios responderam por 49,1% do total vendido, seguidos pelas unidades de três dormitórios, com 26,6% do total.

Os lançamentos na capital tiveram retração de 36,8% em agosto, chegando a 1.633 unidades, de acordo com a Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp). O volume corresponde a 34,1% do total de 4.786 unidades lançadas na região metropolitana de São Paulo. Nas vendas, a participação da cidade de São Paulo foi de 42,8% do total comercializado na região metropolitana. Segundo o Secovi-SP, a dificuldade de tornar viáveis projetos na capital resultou na migração de empreendedores para outros municípios.

Na Grande São Paulo, o volume de lançamentos teve incremento de 17% em relação ao mês de julho, quando foram registrados 4.092 novos empreendimentos. Já as vendas na região metropolitana caíram 11,5%, número inferior à queda registrada na capital paulista.

As vendas aumentaram 8,9% no acumulado até agosto na capital paulista, chegando a 21.820 unidades. O valor comercializado cresceu 29,2%, para R$ 8,3 bilhões. No acumulado de janeiro a agosto foram lançadas 17.781 unidades, o que representa crescimento de 25,5%.

O indicador vendas sobre oferta (VSO) da cidade de São Paulo ficou em 17,4% em agosto, em comparação com 28,6% registrado em julho. O VSO expressa a relação entre o volume de unidades vendidas e a oferta existente no mês. De janeiro a agosto, o VSO médio acumulado foi de 21,9%, acima dos 14,3% do mesmo período do ano passado.

Depois de recorrentes anúncios de recordes de vendas, o mercado imobiliário vê uma mudança de cenário: as vendas de imóveis novos residenciais na cidade de São Paulo apresentam queda de 48,4% em agosto na comparação com julho, atingindo 1.638 unidades, de acordo com a Pesquisa sobre Mercado Imobiliário realizada pelo Secovi-SP. Os lançamentos na capital também tiveram retração, de 36,8% em agosto, com 1.633 unidades, de acordo com a Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp).

(DCI) 
 

+ posts

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *