Accor quer dobrar número de hotéis no Brasil

Grupo planeja inaugurar 30 hotéis por ano a partir de 2015

O Grupo Accor quer dobrar o número de hotéis no Brasil e chegar a 300 operações em poucos anos. A meta foi divulgada nesta quarta-feira em Porto Alegre, durante a apresentação da 150ª unidade do país, por diretores da empresa. "Em 2012 vamos inaugurar 17 hotéis, a partir de 2013 no mínimo 20 por ano e a partir de 2015 pelo menos 30 por ano", revelou o executivo-chefe para a América Latina Roland de Bonadona. Pelo menos 80 dos 150 novos investimentos já estão definidos e serão feitos em diversas cidades do País como Rio de Janeiro, Salvador, Campinas e Recife.
 
Segundo Bonadona, a expansão está vinculada ao bom momento econômico do Brasil, elevada confiança dos investidores e ascensão da classe C e é semelhante à da malha das companhias aéreas, espalhando os serviços das cidades grandes para as menores. O grupo não associa seus investimentos diretamente a eventos como a Copa do Mundo de 2014, a Olimpíada de 2016 ou à privatização de aeroportos. Mas o executivo admite que tudo isso gera obras de infraestrutura e mais viagens, o que também contribui para aumento da demanda pelo serviço de hospedagem. "O Brasil vive um momento que favorece bastante os negócios em geral e a hotelaria em particular", afirma.
 
A nova operação de Porto Alegre, da marca Novotel, considerada de categoria superior dentro do portfólio do grupo, está localizada a 300 metros do Aeroporto Salgado Filho, tem 166 apartamentos e 60 funcionários e será administrada pela franqueada Átrio Hotéis, de Joinville. O preço inicial da diária é de 249 reais. O investimento foi de 30 milhões de reais. O grupo Accor atua em 90 países com 4,4 mil hotéis operados diretamente ou por sistema de franquias. Entre suas marcas estão a Sofitel, Pullman, Mercure, Adagio e Ibis.

(Veja | Agência Estado)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.