Alcoa vai investir US$ 11 milhões em PE

Diante do crescimento do mercado da construção civil na região Nordeste, acima da média nacional, a fabricante americana de alumínio Alcoa está investindo US$ 3,2 milhões em sua unidade de Itapissuma (PE), onde são produzidos perfis. Outros US$ 8 milhões em investimentos na mesma fábrica devem ser aprovados em breve, segundo explicou o responsável pela Divisão de Extrudados da Alcoa, José Carlos Cattel.

O executivo informa que o US$ 3,2 milhões serão aplicados na aquisição de máquinas e equipamentos para anodização do alumínio, processo que aumenta a durabilidade do produto e dá um acabamento estético demandado pelo mercado. Com isso, a capacidade de anodização da unidade de Itapissuma passará de 600 toneladas para mil toneladas mensais.

Cottel afirmou que a produção será praticamente toda destinada aos mercados do Norte e Nordeste. Segundo ele, o dinamismo da construção civil nessas regiões foi o grande motivador do investimento anunciado. "Aqui na Alcoa, trabalhamos com o cenário de que a construção civil crescerá duas vezes o PIB brasileiro nos próximos anos. No Nordeste esse crescimento é ainda maior", analisou.

O aporte na unidade pernambucana, segundo ele, também será importante para aumentar o leque de soluções oferecidas pela Alcoa no segmento de esquadrias, muito utilizadas na confecção de portas, janelas e sacadas, por exemplo.

Futuramente, deverão ser investidos mais US$ 8 milhões nessa unidade de laminação e fabricação de perfis , mais especificamente na instalação de uma nova prensa de extrusão, equipamento responsável por dar a forma alongada ao alumínio. Segundo Cattel, esse aporte ainda terá que ser aprovado pela direção da companhia, porém a ideia é de que a nova máquina esteja produzindo em escala industrial até 2013.

A unidade de Itapissuma é uma das maiores da Alcoa – no segmento de laminação e extrusão – na região compreendida por América Latina e Caribe. A empresa, no entanto, também produz perfis extrudados nas unidades de Santo André e Sorocaba, em São Paulo, e Tubarão, em Santa Catarina.

A companhia, maior fabricante mundial do metal, é integrada no país – faz desde a mineração da bauxita (minério) até produtos acabados, passando por alumina e fundição de alumínio (em Poços de Caldas-MG e São Luís-MA).

(Murillo Camarotto | Valor)
 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.