BB deve comprar instituição financeira nos EUA e Argentina até junho

As negociações do Banco do Brasil (BB) para a aquisição de instituições financeiras no exterior estão avançadas e algumas devem ser concluídas até junho, na Argentina e nos Estados Unidos. "Seguramente haverá compras até junho. Os processos nos EUA e na Argentina andam em paralelo", afirmou ao Valor uma fonte próxima às negociações.

A estratégia do banco, já traçada há mais de um ano, é se lançar no exterior. Nos EUA, a ideia é atender à comunidade de brasileiros, estimada em 1,4 milhão de pessoas, enquanto, na Argentina, o banco buscará explorar o segmento corporativo.

O BB, que sempre optou pelo crescimento orgânico, mudou sua estratégia depois da aquisição da Nossa Caixa. "O banco percebeu que essa é uma forma mais rápida de ganhar ´market share´ e de crescer", informou a fonte.

A alternativa vem também em um momento em que o BB aguarda a autorização do Federal Reserve (Fed), o banco central dos EUA, para entrar no mercado americano via a abertura de um banco de varejo no país. Dos pedidos do banco brasileiro, até agora, apenas a autorização para a criação da subsidiária de remessas – a BB Money Transfers – foi aprovada.

Com a demora para a autorização, torna-se melhor comprar um banco já existente, operação que tem aprovação mais fácil da autoridade americana.

Em entrevista ao Valor no fim do ano passado, o presidente do banco, Aldemir Bendine, afirmou que não tem interesse nos ativos dos bancos a ser comprados, pois quer apenas a infraestrutura da instituição para atuar no país.

Na Argentina, já foram explicitados os interesses da instituição pelo Banco Patagônia. Mas, ali, a ideia seria atender às mais de 200 companhias brasileiras que atuam no país vizinho.

O BB já é o banco brasileiro com maior presença internacional. Está em 23 países com 44 dependências, entre agências e escritórios de representação. A instituição, no entanto, ainda faz mistério sobre os nomes daqueles que estão no seu radar.

(Vanessa Dezem | Valor)

 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.