Campos Andrade absorve Gama Filho

Afogada em dívidas, muitas delas trabalhistas, a Universidade Gama Filho, uma das mais tradicionais escolas privadas do Rio de Janeiro, está sendo adquirida pelo grupo paranaense Campos de Andrade (Uniandrade). Por ser uma entidade sem fins lucrativos ela não pode ser vendida, mas haverá uma transferência de mantenedor da entidade, segundo José Campos de Andrade, reitor do Uniandrade. A Gama Filho, porém, nega a negociação e informa apenas, em nota, que "está buscando recursos para o cumprimento de suas obrigações." No campus principal em Piedade, na zona norte do Rio, os professores já comentam a venda como certa e temem que os salários atrasados não sejam pagos depois da transferência.

A Uniandrade também enfrenta problemas. Atualmente passa por uma ação de reintegração de posse de seu campus no bairro Campo Comprido, em Curitiba, movida pela Rodobens, que cobra uma dívida de R$ 11,2 milhões. A universidade paranaense ainda é acusada de demitir 25% dos professores da Universidade Ibirapuera, em São Paulo, comprada em março, e também de atrasar salários na sede, em Curitiba.

(Paola de Moura e Marli Lima – Valor Econômica)

 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.