Carlyle deve levar para AL marcas Trifil e Scala

O fundo de private equity Carlyle Group quer levar as marcas Trifil e Scala para outros países da América Latina, principalmente Argentina e Colômbia. Em sua terceira aquisição no ano no Brasil, o fundo fechou a compra de pouco mais de 50% do capital da Scalina, fabricante e varejista de moda íntima feminina e dona das marcas. O valor da transação não foi divulgado.

Segundo informações de mercado, o fundo avaliou a empresa em cerca de R$ 400 milhões e vai desembolsar cerca de R$ 280 milhões pelo controle – parte como pagamento aos antigos controladores e parte como injeção de capital na empresa. O dinheiro virá do fundo South America Buyout Fund do Carlyle e do FIP Brasil de Internacionalização de Empresas, fundo local gerido pelo Carlyle e que tem como assessor financeiro o Banco do Brasil.

Ronaldo e Bruno Heilberg, fundadores da empresa, vão para o conselho de administração, que será presidido por Ronaldo. Neste ano, o Carlyle já havia comprado a operadora de turismo CVC e a Qualicorp, do setor de saúde. A Scalina tem cerca de 10% de participação do mercado de meias e lingeries. Os produtos da marca TriFil são vendidos em mais de 13.500 pontos (lojas multimarcas) distribuídos no território brasileiro. Já a Scala possui 100 lojas franqueadas exclusivas da marca no país.
 
(Valor)

 

 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.