Coca-Cola negocia venda de 60% da Norsa ao Grupo Jereissati

Após algumas tentativas, a Coca-Cola Brasil voltou a negociar com o senador Tasso Jereissati (PMDB-CE) a venda do controle da engarrafadora Norsa Refrigerantes, que atua nos estados do Ceará, na Bahia, no Piauí e no Rio Grande do Norte.

O Grupo Jereissati, de propriedade do senador, tem hoje 40% das ações da empresa. O restante pertence à Coca-Cola Brasil. Oficialmente, nem a Norsa ou a Coca-Cola falam sobre o assunto. Mas fontes ouvidas pelo Valor confirmaram as negociações, ainda em estágio inicial.

A venda do controle acionário faz parte de uma estratégia maior da Coca-Cola no Brasil e no mundo, que é se concentrar na fabricação do xarope do refrigerante e não na produção da bebida em si. Por isso, no Brasil a companhia tem 17 empresas franqueadas, que fabricam cada uma em sua região os produtos da empresa.

Dentre todas essas engarrafadoras, somente a Norsa e a Guararapes (com atuação no Pernambuco e Paraíba) ainda têm participação acionária da Coca-Cola. Na Guararapes, 100% das ações são da multinacional.

A meta da multinacional, segundo fontes do setor, é vender todas as participações que ainda tem em suas franquedas. A Guararapes, por exemplo, poderá ser vendida ainda este ano, conforme fontes ligadas à empresa.

Essas participações são mantidas pela Coca apenas para dar suporte (financeiro ou administrativo) ao franqueado.

A última fabricante vendida pela Coca foi a mineira Remil, negociada para a Cola-Cola Femsa Brasil em junho de 2008 por US$ 364,1 milhões. A Remil tinha receita líquida de R$ 721 milhões em 2007 e vendas que atingiam cerca de 15 milhões de consumidores.

Já a Norsa abrange uma área geográfica de 907,3 mil quilômetros quadrados e teve faturamento bruto de R$ 1,283 bilhão no ano passado, conforme sua assessoria de imprensa.

Fundada há onze anos pela união dos franqueados Coca-Cola nos Estados da Bahia, do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, a empresa tem cinco fábricas (Maracanaú no Ceará, Simões Filho e Vitória da Conquista, na Bahia, Macaíba, no Rio Grande do Norte e Teresina no Piauí), 11 centros de distribuição e dois centros de vendas. Cerca de 3 mil funcionários trabalham na Norsa, que tem presença em cerca de 150 mil pontos de venda.

A participação de mercado dos refrigerantes da Coca-Cola nos quatro Estados da Norsa é de 56,1%, segundo dados Nielsen de dezembro de 2009.

(Valor Econômico)

 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.