Com R$ 120 milhões, empresa gaúcha instala nova fábrica

Com R$ 120 milhões em investimentos, a fabricante de estruturas metálicas Metasa irá construir uma nova fábrica em Charqueadas (a 60 quilômetros de Porto Alegre).
 
A unidade fabril produzirá estruturas para plataformas de petróleo.

A probabilidade de a Petrobras descartar investimentos caso não haja reajuste no preço dos combustíveis não preocupa a companhia.
 
“[A estatal] não deve voltar atrás. Pode adiar, mas [os projetos] vão acontecer”, afirma o presidente da Metasa, Antônio Roso.
 
A empresa não vende diretamente para a Petrobras, mas para fabricantes de módulos de plataformas que têm contratos com a petroleira.

A planta de Charqueadas deve começar a operar já em abril de 2013 como centro de montagem de peças produzidas na fábrica de Marau (a cerca de 270 quilômetros da capital gaúcha).
 
A partir de 2014, os equipamentos para produzir as estruturas serão instalados na nova unidade.
 
A intenção é aumentar a produção da companhia em 20% no primeiro ano de operação da planta. A partir do segundo, o crescimento deverá ser de 50%.
 
A empresa produz hoje 3.500 toneladas por mês em duas fábricas -em Marau e em Santo André (SP).
 
A ideia inicial da companhia era instalar a terceira unidade em Rio Grande (RS), mas os planos do governo gaúcho de montar um polo naval em Charqueadas e a facilidade de mão de obra atraíram a Metasa, segundo o diretor Oscar de Azevedo.
 
Rio Grande deverá receber agora uma unidade de logística, assim como Macaé (RJ).
 
( Folha de São Paulo)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *