CVC e Avis fecham parceria global

A maior operadora de turismo do país, a CVC, e uma das líderes mundiais na locação de automóveis, a Avis Rent a Car, anunciam até o fim de agosto uma parceria global. As lojas da CVC vão oferecer aos seus clientes aluguel de carros da Avis, de olho num mercado que faturou R$ 4,3 bilhões em 2009, com crescimento de 9,5% diante de 2008, segundo a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla).

"Em quatro anos, vamos ser a empresa que mais aluga carros no Brasil, com faturamento de R$ 80 milhões", afirma o presidente da CVC, Valter Patriani. O executivo afirma que a operadora não está se tornando uma locadora de carros, pois não terá frota própria. Ela vai ganhar uma comissão, não revelada, por cada locação.

De acordo com o executivo, um cliente da CVC que comprar um pacote para Miami, por exemplo, contrata a locação do carro na agência da CVC e retira o automóvel na Avis de Miami.

A CVC vai oferecer apenas uma alternativa de diária, com todos os seguros incluídos e quilometragem livre a partir de R$ 90. O cliente poderá, ainda, dividir o aluguel em até 10 vezes. Patriani diz que esse mesmo tipo de diária custa em torno de R$ 110 em algumas locadoras.

A CVC, que vendeu em janeiro 63,6% de suas ações para o fundo de private equity Carlyle por cerca de R$ 700 milhões, vai agregar à rede de 130 pontos de venda da Avis no Brasil suas 510 lojas, sendo 508 no Brasil, uma em Montevidéu e outra em Buenos Aires. No mundo, a Avis tem em torno de 5 mil lojas, frota de 1,2 milhão de veículos e faturamento anual de US$ 5 bilhões.

"É um acordo mundial porque vai além do Brasil. Estamos atentos a todas as demandas de clientes da CVC em todo o mundo", diz o diretor de vendas e operação da Avis no Brasil, Luiz Antonio Cabral.

O presidente do conselho nacional da Abla, Paulo Gaba Junior, vê com bons olhos a parceria entre a CVC e a Avis. "Isso faz parte de uma tendência mundial, a de as matrizes das locadoras repassarem contratos globais para as filiais", diz.

Segundo ele, o faturamento das locadoras de automóveis em 2010 tem potencial para crescer 25%, diante do ano passado.

(Alberto Komatsu | Valor)

 

 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.