Eike manda carta a acionistas em busca de fechar capital da CCX

O bilionário Eike Batista, controlador do grupo EBX, busca fechar o capital da CCX, e manifestou intenção de adquirir até 100% das ações da empresa de carvão no mercado em Oferta Pública de Aquisição (OPA) de ações.
 
As ações da empresa subiram quase 45% nesta segunda-feira (21) na Bovespa, que fechou perto da estabilidade. As ações fecharam cotadas a R$ 3,13. Operadores e analistas consultados pela Reuteur perto do fim de pregão não souberam apontar o motivo para a forte movimentação do papel, que acumulou valorização de 64,7% em três pregões.
 
O preço máximo será de R$ 4,31 por papel, a ser pago mediante permuta de ações detidas por Eike nas companhias de capital aberto da EBX, de acordo com fato relevante nesta segunda-feira (22).
 
As empresas abertas do grupo incluem a empresa de serviços navais OSX, a de mineração MMX, a de logística LLX, a de energia MPX e a de petróleo OGX.
 
Se bem sucedida, a oferta de Eike levará ao cancelamento de companhia aberta da CCX, menos de um ano após sua criação e estreia na Bovespa, como resultado de uma cisão da MPX após a parceria com a empresa alemã E.ON, cujo acordo definitivo foi assinado em abril de 2012.
 
A CCX é a responsável por um projeto de carvão na Colômbia

(G1)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *