FQM prevê expansão de 30% na Herbarium

Nove meses após comprar a paranaense Herbarium, a direção do grupo FQM informou que tem planos de até 2015 multiplicar por quatro o faturamento de R$ 70 milhões obtido pelo laboratório em 2009. Para 2010, a meta é crescer acima de 30%, mais que o dobro do exercício passado, após adequações que resultaram na ampliação da equipe de visita a médicos e na colocação de foco em três especialidades: ginecologia, urologia e clínica geral.

O grupo FQM também tem participação do laboratório Farmoquímica, do Rio de Janeiro, controlado pela argentina Roemmers. O presidente do grupo, Marcelo Geraldi, contou que aumentou a equipe que divulga os produtos em consultórios de 60 pessoas para 108 profissionais e o número de médicos visitados passou de 12 mil para 20 mil por mês. A empresa também modernizou embalagens de seus produtos, está reforçando a presença em farmácias e aumentou o investimento em marketing, de R$ 4 milhões para R$ 9 milhões no ano.

Geraldi comentou que o grupo FQM continua de olho em oportunidades de aquisição, mas acrescentou que não há negociação em andamento. Segundo o executivo, a intenção da empresa é começar a fazer exportação no fim do próximo ano. Geraldi explicou que o laboratório Farmoquímica está focado no mercado de medicamentos com receita médica e trouxe sua experiência para o Herbarium, que possui fitomedicamentos e o maior número de fitoterápicos tradicionais registrado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

O mercado de genéricos não está nos planos do grupo farmacêutico, que trabalha na melhoria de fórmulas e com parcerias internacionais. Uma delas resultou na importação, desde março, de produtos dermatológicos da França. Geraldi espera que as medidas adotadas no Herbarium comecem agora a dar resultado. De acordo com ele, o grupo FQM deve faturar R$ 380 milhões este ano, sendo R$ 100 milhões com o Herbarium, que está completando 25 anos de fundação em 2010.

(Marli Lima | Valor)
 

 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.