Guia de procedimentos de avaliação visando melhorar tratamento contábil de ativos intangíves está prestes a ser publicado

Um novo guia de procedimentos, a ser publicado em breve pelo Conselho Internacional de Normas de Avaliação (International Valuation Standards Council – IVSC), deverá ajudar a melhorar a qualidade de informações sobre o valor de ativos intangíveis em auditorias contábeis, tais como marcas, propriedade intelectual e relações com clientes.
 
Em estudo recente intitulado “Contabilidade de Aquisições” (Accounting for Acquisitions), o Conselho de Relatórios Financeiros (Financial Reporting Council – FRC) concluiu que "há uma necessidade de melhorar o cumprimento dos requisitos de divulgação das Normas Internacionais de Relatórios Financeiros (IFRS)", com crítica, em particular, ao tratamento do ágio e de intangíveis.

De acordo com as IFRS, após uma fusão ou aquisição, o preço pago deve ser imputado aos ativos tangíveis e intangíveis com base em valores justos. O estudo do FRC examinou vinte aquisições concluídas em 2008. Ele avaliou a qualidade das informações prestadas na análise dos negócios e a divulgação de informações individuais sobre ativos intangíveis e ágio registradas em auditorias contábeis. O estudo constatou que as normas haviam sido mal aplicadas devido à falta de familiaridade com os requisitos de contabilidade e à complexidade da avaliação de ativos intangíveis.

 
O FRC espera que o estudo seja "um incentivo para que Conselhos de Administração, Comitês de Auditoria, equipes contábeis e auditores examinem a contabilidade de aquisições com mais cuidado". O FRC também observa que outras evoluções do mercado deverão auxiliar com a utilização dos requisitos futuramente, inclusive com um aumento dos conhecimentos, das habilidades e da experiência de profissionais na avaliação de ativos intangíveis, e com orientações adicionais sobre a mensuração do valor justo a serem publicadas pelo Comitê de Normas Internacionais de Contabilidade (IASB) e pelo Conselho de Normas Internacionais de Avaliação (IVSC) durante 2010”.
 
Chris Thorne, presidente do IVSC, confirma: "O IVSC publicará em breve um Guia de Procedimentos revisado sobre a avaliação de ativos intangíveis, o qual identificará e definirá as principais abordagens e métodos utilizados na avaliação de ativos intangíveis. Seu objetivo se resume à promoção do entendimento das principais técnicas reconhecidas e à promoção de uma terminologia coerente, a fim de favorecer o desenvolvimento de boas práticas e tornar as avaliações de intangíveis mais compreensíveis para investidores ao redor do mundo”.

O IVSC também pretende introduzir orientações adicionais sobre a avaliação de intangíveis de acordo com as IFRS ao final do ano, após o IASB ter concluído seu atual projeto sobre Mensuração do Valor Justo.

Chris Thorne também acrescentou: "Os problemas identificados pelo FRC no Reino Unido se aplicam a muitos outros países do mundo que adotaram as IFRS. À luz de empresas semelhantes nos Estados Unidos, o IVSC também está colaborando com a Fundação para Avaliação do desenvolvimento do melhor guia prático sobre áreas específicas onde atualmente há ausência de uma orientação competente reconhecida, incluindo no tocante à valorização do relacionamento com clientes e a identificação e valorização dos prêmios de controle.”

 
Para mais informações sobre o IVSC, favor contatar: Marianne Tissier, IVSC

mtissier@ivsc.org
Tel: +44 (0)1442 879 306

NOTAS AOS EDITORES

Sobre o Conselho de Normas Internacionais de Avaliação (IVSC) 
O Conselho de Normas Internacionais de Avaliação (IVSC) é responsável pelo desenvolvimento de procedimentos rigorosos e transparentes em prol da realização de avaliações internacionais através de um único conjunto de normas de avaliação reconhecido globalmente e aceitável pelas empresas e entidades normativas mundiais do mercado de capitais, bem como por enfrentar os desafios de uma economia global em rápida mudança. A estrutura de governança do IVSC, uma organização sem fins lucrativos, constituída nos Estados Unidos, atualmente inclui dois Conselhos Técnicos independentes – o Conselho de Normas Internacionais de Avaliação e o Conselho Profissional de Avaliações Internacionais – com a supervisão de um Conselho de Curadores de representatividade global responsável pela gestão estratégica e por financiamentos. O IVSC trabalha em cooperação com institutos nacionais de avaliação profissional, usuários e responsáveis pela elaboração de avaliações, governos, órgãos reguladores e acadêmicos, todos os quais podem tornar-se membros do IVSC e ter um papel importante a desempenhar na informação aos Conselhos sobre decisões de ordem e prioridades no trabalho do IVSC.
 
Para obter mais informações, visite: www.ivsc.org

O Conselho de Relatórios Financeiros 
 
O Conselho de Relatórios Financeiros (FRC) é o órgão regulador independente do Reino Unido responsável pela promoção da confiabilidade dos relatórios e da governança de empresas. Suas funções são exercidas principalmente por seus órgãos operacionais (o Conselho de Normas Contábeis, o Conselho de Práticas de Auditoria, o Conselho de Normas Atuariais, o Conselho de Revisão de Relatórios Financeiros, o Conselho de Supervisão Profissional, o Conselho Disciplinar Atuarial e Contábil, e pela Diretoria do FRC. O Comitê de Governança Corporativa auxilia a Diretoria em suas tarefas relativas a Governança Corporativa.

(IVSC)
 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.