Holding de turismo se prepara para estrear na bolsa

A holding de turismo Brasil Travel deve ser uma das primeiras companhias do ano a testar o apetite dos investidores com sua oferta pública inicial de ações (ver matéria da página D3).
 
Não por acaso, trata-se de mais uma companhia de serviços a tentar a listagem na bolsa com a promessa de consolidação em setores com elevado grau de fragmentação. O modelo "roll up" cai como uma luva para as pré-operacionais de serviços, que não necessitam de muito capital intensivo.
 
A história em muito se assemelha a da Brasil Brokers, Brasil Insurance e Brazil Pharma. Alguns fatores de riscos são os mesmos: números não auditados, o desafio de entregar dezenas de aquisições e integração ainda em andamento das empresas já compradas.
 
A Brasil Travel, que tem intenção de se listar no Novo Mercado, só começou a funcionar no ano passado, com a compra de empresas via troca de ações. Assim com a de suas antecessoras, a Brasil Travel fará uma oferta destinada apenas a investidores qualificados.
 
Parte da operação será primária, com destinação de recursos para o caixa da empresa, cuja proposta é reunir diferentes empresas do setor de turismo, como agências, site de viagem e até casa de câmbio. Não há pretensão de investir em ativos fixos, como hotéis, ônibus e navios.
 
Hoje a Brasil Travel 35 grupos em todo o país, com volume total de vendas de R$ 4,4 bilhões em 2010 e R$ 3,7 bilhões nos nove primeiros meses de 2011. A companhia está em 22 Estados.
 
A operação também terá uma parte secundária, com venda de papéis dos atuais sócios: Pedro Guimarães, ex-sócio do BTG Pactual, a família Sette, do advogado Luiz Augusto Azevedo Sette, e o investidor José Marcílio Nunes.
 
Outro projeto de consolidação que caminha para a bolsa é o da Instercosmetics, holding de salões de beleza, inspirada na Regis Corporation, listada em Nova York, com valor de mercado de R$ 934 milhões.
 
A companhia pretende ingressar no segmento de acesso, o Bovespa Mais, sem oferta de ações. A ideia é dar visibilidade à marca e capitalizar a empresa com a entrada de investidores estratégicos por meio das negociações do mercado de balcão.
 
A Intercosmetics que adquirir salões avulsos e pequenas redes para reuni-los em uma mesma bandeira. O passo seguinte é estender a marca por meio de crescimento orgânico por um sistema de franquias.

(Valor)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.