KPMG: Número de empresa ‘zumbi’ sobe 50% em 2012

Empresas não geram caixa suficiente para pagar a dívida nos seus balanços e acabam se tornando foco de novos ciclos de crise.

A quantidade de empresas em situação de dificuldade financeira aumentou 50% neste ano em relação a 2011, segundo pesquisa da KPMG. O levantamento, feito no Brasil com as principais instituições financeiras, verificou os casos de companhias que passaram a ser acompanhadas pela área de recuperação de crédito.

Isso acontece quando há atrasos nos pagamentos de empréstimos aos bancos. A pesquisa indica que essas “empresas zumbis”, como são conhecidas, não geram caixa suficiente para pagar a dívida nos seus balanços e acabam se tornando foco de novos ciclos de crise. De acordo com o levantamento, isso vem acontecendo devido à maior dificuldade que os bancos brasileiros vêm encontrando para captar recursos no exterior.

Esse é um efeito do cenário macroeconômico negativo, que envolve recessão na zona do euro, insolvência de alguns países e crise generalizada de confiança. Para os bancos internacionais que operam no Brasil, ainda de acordo com a KPMG, os problemas muitas vezes acontecem por decisões da matriz de repatriar recursos para cobrir necessidades de capital nos países de origem, o que resulta em menos capital disponível para empréstimos locais.

(Agencia  Estado)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *