Lucro da Iguatemi cresce 49,9%, para R$ 24,6 milhões

SÃO PAULO – A Iguatemi Empresa de Shopping Centers encerrou o primeiro trimestre com lucro líquido de R$ 24,640 milhões, um aumento de 49,9% frente aos R$ 16,439 milhões obtidos em igual período de 2009.

A receita líquida aumentou 18,4%, atingindo R$ 56,317 milhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 35,149 milhões, com alta de 14,2%.

Desta maneira, os principais indicadores de vendas da Companhia apresentaram crescimento, com destaque para crescimento total de vendas de 15,1% e crescimento de vendas mesma área de 11,4%.

A companhia informou ainda que o faturamento foi de R$ 62,7 milhões no trimestre, 17,0% superior ao mesmo período de 2009. A empresa atribuiu o avanço principalmente ao crescimento das receitas de aluguel e estacionamento.

A receita de aluguel foi responsável por 74,9% do total e aumentou 14,2% no período. A Iguatemi destacou o fato do reajuste médio dos aluguéis, de 6,3% no critério mesmas lojas, ter superado a inflação dos últimos 12 meses medida pelo IPCA, de 5,1%. O IPCA é o índice que reajusta 70% dos contratos da companhia. O restante é reajustado pelo IGPDI, que apresentou crescimento de 2,3% no período.

As vendas totais das lojas instaladas em shoppings da Iguatemi cresceram 15,1% no trimestre, enquanto as vendas mesmas lojas avançaram 11,3%, e as vendas mesma área subiram 11,4%.

A taxa de ocupação média no trimestre foi de 97,2%, maior patamar dos últimos dois anos. A inadimplência do trimestre foi de 3,7%, 1,7 ponto percentual inferior à registrada em março de 2009.

(Téo Takar | Valor)
 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.