Novartis quer comprar restante da Alcon por US$39 bilhões

A suíça Novartis tem interesse em comprar o restante do grupo norte-americano Alcon, do ramo oftalmológico, por 39,3 bilhões de dólares, incluindo uma participação majoritária da Nestlé na empresa, para diversificar os negócios para além do segmento de remédios vendidos sob receita.

A Novartis informou nesta segunda-feira que vai exercer uma opção para adquirir 52 por cento de participação na Alcon da Nestlé, maior grupo alimentício mundial, por 28,1 bilhões de dólares, aumentando sua fatia na Alcon para 77 por cento. A farmacêutica suíça comprou 25 por cento da companhia norte-americana em 2008.

A Novartis também planeja comprar os 23 por cento detidos pelos acionistas minoritários da Alcon por 11,2 bilhões de dólares, encerrando a incerteza se iria ou não tentar o controle total.

A Novartis e farmacêuticas rivais como a GlaxoSmithKline e Sanofi-Aventis estão avançando em segmentos como consumo e genéricos à medida em que enfrentam a maior perda de proteção de patentes da história.

Jeffrey Holford, analista na corretora Jefferies em Londres, disse que a Novartis precisa do controle total da Alcon para conseguir as sinergias planejadas e que deve acabar pagando mais no fim.

A proporção de troca de 2,8 ação da Novartis por cada ação remanescente da Alcon é menos generosa aos minoritários, representando 153 dólares por ação contra 180 dólares por ação negociados com a Nestlé.

(Reuters)

 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.