Oferta da Brasil Insurance pode levantar quase R$ 750 milhões

SÃO PAULO – Com a oferta pública inicial de ações promovida pela Brasil Insurance, a holding de corretoras pode levantar até R$ 747,7 milhões.O montante considera o preço máximo previsto, a oferta primária e secundária de papéis bem como o lote adicional e suplementar.

A companhia divulgou nesta terça-feira ao mercado mais detalhes sobre a operação, que envolve uma emissão primária de 191 mil ações ordinárias (com direito a voto) e uma oferta secundária de outros 191 mil papéis ordinários. O preço por ação ficará entre R$ 1.250 e R$ 1.450.

A oferta é destinada a investidores qualificados (com mais de R$ 300 mil em investimentos), fundos de investimentos e a estrangeiros, tendo em vista que a operação inclui esforços de colocação no exterior.

Caso haja excesso de demanda pelos papéis, a companhia poderá optar por um lote suplementar de até 15% da quantidade de ações inicialmente ofertada. Além disso, os coordenadores têm ainda a opção de oferecer um lote adicional que corresponde a até 20% dos papéis da oferta original.

Os investidores interessados terão os dias 26 e 27 de outubro para a reserva de ações. O preço por papel deve ser informado no dia 28 deste mês. As ações envolvidas na oferta estreiam na BM&FBovespa no dia 1 de novembro.

A oferta pública tem como coordenador líder o Morgan Stanley, em parceria com BTG Pactual, JP Morgan e HSBC.

(Ana Luísa Westphalen | Valor)
 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *