Parker muda área de vendas e constrói centro de distribuição

A Parker Hannifin, fabricante de sistemas de automação, filtragem e vedação, entre outros, está investindo no incremento da sua força de vendas, com a criação de uma nova estrutura, que irá concentrar todas as oito linhas de produtos e serviços oferecidas hoje pela companhia no Brasil. O objetivo da mudança, segundo o presidente da Parker na América Latina, Ricardo Machado, é simplificar os processos e aumentar a agilidade no atendimento aos clientes.

"Haverá um sistema único de entrada dos pedidos de todos os clientes, produtos e tecnologias". A Parker possui quatro unidades fabris no Brasil e, no sistema anterior, cada uma delas era responsável pelas vendas dos seus produtos. "A ideia agora é que todo esse processo fique concentrado em apenas um lugar, permitindo maior eficiência a partir de uma logística mais centralizada."

Um novo centro de distribuição e um prédio de vendas serão construídos pela empresa ainda este ano. "A nossa força de vendas foi unificada e ampliada. Hoje já temos 81 pessoas trabalhando nessa área, mas nos próximos cinco anos esse número deve chegar a 120", disse. O sistema de vendas mais centralizado, segundo Machado, já vem sendo adotado pela empresa com sucesso em todas as suas unidades no mundo.

A filial brasileira da Parker também tem sob sua responsabilidade os escritórios de vendas instalados atualmente em vários países da América Latina (Argentina, Chile, Peru, Colômbia, Venezuela, Guatemala) e em Miami, nos Estados Unidos.

O investimento inicial previsto para a construção do centro de distribuição e do prédio de vendas foi estimado em US$ 10 milhões. Os novos prédios serão instalados em uma área de 40 mil metros quadrados que a empresa adquiriu, recentemente, e está localizada ao lado da fábrica de filtração, em São José dos Campos.

Além das atividades de vendas, a Parker também pretende concentrar no município, onde opera a mais nova instalação industrial desde 2006, algumas linhas de produção que não têm mais espaço físico para expandir sua capacidade. "Estamos definindo quais atividades serão transferidas para a fábrica de São José, onde temos uma área mais ampla, que pode suportar com mais folga os futuros projetos de expansão da produção".

O complexo industrial de São José está instalado em uma área de 80 mil metros quadrados, onde a empresa investiu R$ 34 milhões. No local, a Parker concentra a produção da sua linha de filtros, lubrificantes e separadores para vários segmentos.

Com vendas anuais superiores a US$ 10 bilhões, a Parker está presente em 48 países, com 200 fábricas e 52 mil funcionários. No Brasil, a empresa conta com 1600 funcionários. Além de São José dos Campos, a Parker também possui unidades fabris em Jacareí, no Vale do Paraíba (divisão de automação, instrumentação e fluid connectors); São Paulo (vedações e refrigeração); e Cachoeirinha, na Grande Porto Alegre (sistemas hidráulicos industriais, bombas e válvulas).
 
(Virgínia Silveira | Valor)

 

 

 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.