Santander confirma venda de Cielo e CBSS

O Banco Santander espanhol confirmou hoje ter acertado a venda de suas participações remanescentes na Cielo e na Companhia Brasileira de Soluções e Serviços (CBSS) para o Banco do Brasil (BB) e o Bradesco. Em fato relevante, o Santander informou ter vendido 15,33% da CBSS por R$ 200 milhões e 7,2% da Cielo por R$ 1,46 bilhão. O lucro líquido do Santander com a venda foi de 233 milhões de euros (R$ 548,95 milhões).

A conclusão dos dois acordos está sujeita a aprovações regulatórias e, no caso da Cielo – antes conhecida como Visanet -, depende também da autorização dos bancos que atuaram como coordenadores de sua listagem no mercado de ações. A operação já havia sido comunicada por BB e Bradesco na sexta-feira.

O Banco do Brasil fechou a compra de 5,11% da Cielo e 4,655% do capital social da CBSS por R$ 1,1 bilhão, sendo R$ 60,8 milhões referentes à transação da CBSS e R$ 1,039 bilhão à da Cielo.

Após efetivada a operação, que será feita pela subsidiária BB Banco de Investimento (BB-BI), a instituição passará a deter 28 65% da Cielo, enquanto a participação na CBSS subirá a 45%, "reforçando a participação acionária do conglomerado Banco do Brasil no capital das empresas que atuam no mercado de cartões", informou o BB em comunicado.

Já o Bradesco deve adquirir 2,09% do capital social da Cielo por R$ 425 milhões e 10,67% da CBSS por R$ 139,2 milhões. Conforme informou a companhia em comunicado, concluída a transação, a participação do Bradesco na Cielo aumentará de 26,56% para 28 65%, enquanto a fatia da instituição na CBSS passará de 34,33% para 45%. Com informações da Dow Jones.

(Portal Exame)

 

 

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.