Um dia depois de Petrobras, Braskem informa sobre avanço de negociações

A Braskem veio nesta terça-feira ao mercado esclarecer sobre notícias acerca de uma eventual aquisição da Quattor Participações. A empresa confirma "a existência de diálogos com os acionistas de Quattor com o objetivo de identificar eventuais oportunidades de aliança estratégica em seus negócio". Observa que as negociação avançaram, mas que ainda não estão concluídas.

"A companhia reforça o seu compromisso de manter seus acionistas e o mercado informados a respeito da eventual conclusão destes entendimentos", destacou em breve comunicado.

No dia anterior, diante de informações que saíram na imprensa, a Petrobras avisou que prosseguem as conversações com a Braskem sobre possíveis "oportunidades de alianças estratégicas" e que elas não estão fechadas. Emenda que, assim que completadas as conversas, informará ao mercado.

As edições de hoje dos jornais "Folha de S.Paulo" e "O Estado de S.Paulo" dão conta de um negócio bilionário no segmento petroquímico, envolvendo a aquisição da Quattor.

Em comunicado separado, Odebrecht (ODB), que detém o controle da Braskem, anunciou uma série de permutas e transferências de ações ON e PNA da petroquímica entre suas controladas.

De acordo com o documento, a ODB trocou 1.406.173 ações ON da Braskem de sua titularidade por 1.406.173 ações PNA da Braskem que estavam com sua controlada Belgrávia.

A ODB ainda transferiu 87.646.298 ações ON da Braskem para Odebrecht Serviços de Participações (OSP). Já a Norquisa transferiu 29.639.199 ações ON e 2.185.246 ações PNA da Braskem para a OSP.

Na próxima etapa, a Belgrávia passou para a OSP 1.406.173 ações ON e 77.106.500 ações PNA da Braskem. Finalmente, foi efetuada a transferência de 118.691.670 ações ON da Braskem que estavam com a OSP para a BRK Investimentos Petroquímicos.

(Juliana Cardoso e Eduardo Campos| Valor)

+ posts

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.